Estes são os termos usado para Bem Carregar Bebê, estamos sempre atualizando.
Sling (inglês) :
Pano  retangular com ou sem argolas usado como porta-bebê asimétrico. Só um ombro carrega o bebé e o mesmo se encaixa no quadril do carregador. Termo também usado como  atadura médica, a faixa que segura o braço, daí a sua origem.
Ringsling (inglês):
Pano com duas argolas costuradas em uma das extremidades, mesmo uso que acima. 
Ring (inglês) :
Argola ou anel de metal ou plástico usado para os panos,  frequentemente já costurado formando um sling. 
Slingando (português) :
Termo abrasileirado que significa o ato de carregar o bebê no sling. 
Tipóia :
Tem vários significados. Dois deles são ; lenço ou faixa para sustentar o braço doente e a que nos interessa aqui, faixa de fibras vegetais ou de algodão utilizada pelos índios para carregar bebês.
Wrap ou pano (inglês) :
Significa enrolar. Pano, echarpe ou fular de carregar bebês  em  formato retangular ; pode medir de 2m à 5m de comprimento e de 60 à 75 cm de largura; geralmente na materia de algodéao com elastano ou 100% algodão, sintético. E, nas tecelagens de sarja cruzada, malha, dryfif.
Fabric (inglês) :
tecido. 
Pouch (inglês) :
Carregador em forma de tubo, se dobra no meio para fazer um saco ventral, assimétrico e tem forma de rede; geralmente pouco ajustável. 
Carring (inglês) :
Ato de carregar. 
Baby carrier (inglês) :
Porta-bebé ou carregador. 
Babywearing (inglês) :
Termo utilizado para todos os tipos de carregadores de bebês. 
Écharpe (francês) :
Pano, echarpe, fular de carregar bebés ,retangular e pode medir de 2m à 5m; tecido de sarja de algodão (mais usado), também se encontra de malha com ou sem Lycra ou. 
Portage (francês) :
Carregar, transportar. 
             Assessora Babywearing: é uma pessoa capacitada nas práticas de Bem Carregar Bebê.
             Sustentação: é quando o bebê fica mantido 100% pelo tecido.
             Amarração: são as diferentes maneiras de “se amarrar” com um wrap.
             Volta: é uma volta para fora do tecido para manter melhor a nuca do bebê e para liberar as vias respiratórias.
             Porta-bebê de apoio: pouch, fular, rebozzo, lençol, pano…
             Ergonômico: que respeita a fisiologia do bebê e de quem carrega.
             Cócoras: posição em que o bebê se encontra naturalmente para ser carregado. Joelho na altura do umbigo, bacia para dentro e coluna arredondada.
             
             
            

Alguns porta-bebês do mundo

Mei taï :
Porta-bebé tradicional chinês, Mei= carregar Taï= chinês. Se encontram varias variações deste porta-bebé no oriente, mas geralmente ele é preformado. 
Awayo :
Pano quadrado para carregar os bebés, também usado como tapete, cobertor,  tecido feito de lã de llama, ovelha ou alpaca. Utilisado pelas mulheres de Altiplano do Peru e da Bolívia. 
Rebozo :
Pano retangular parecido com nossa echarpe, mas com franjas nas pontas.  Usado no México. 
Onbuhino :
Porta-bebé japonês. 
Podeagi :
Porta bebê coreano. 
Pagne :
Pano quadrado africano para carregar os bebês feito em tecido de algodão fino. 
Oeko-tex :
Certificado comprovando  ausência de substancias nocivas  e tóxicas no tecido. Este certificado esta cada vez mais sendo usado pelo simples fato da utilização abusiva de substancias tóxicas nos artigos têxteis, principalmente no têxtil infantil.

Se você quiser participar desta lista para aumentar nosso conhecimento sobre esta arte, é só me enviar um email, obrigada! CarineARROBAcarrego-no-pano.com